domingo, 5 de abril de 2015

Os Verdes Anos

OS VERDES ANOS
de Paulo Rocha
com: Rui Gomes, Isabel Ruth e Ruy Furtado
Depois de uns anos 40 sinónimos do apogeu do cinema nacional, a produção de filmes portugueses entrou em decadência. A década que se seguiu à de Vasco Santana e António Silva (entre muitos outros) revelou falta de ideias, de inovações e, a certa altura, de público interessado em ir às salas. Em 1955 chegámos ao ponto de ter zero longas-metragens filmadas no nosso país.

Foi depois deste “vazio cinematográfico” que acabou por surgir aquilo que se viria a chamar Cinema Novo Português. Os realizadores deste movimento, inspirados pela Nouvelle Vague francesa e influenciados ainda pelo neo-realismo italiano, tinham como principal objetivo mostrar a realidade de um país e de uma sociedade moderna. Um dos pilares do Cinema Novo é Os Verdes Anos, o filme de estreia de Paulo Rocha, e é precisamente sobre ele que nos vamos hoje debruçar no Hollywood, tens cá disto?.

O protagonista é Júlio, um jovem rapaz de 19 anos vindo da província para Lisboa. Nos seus primeiros dias na capital conhece Ilda, empregada doméstica, com quem rapidamente inicia uma relação. Mas, habituado a um ambiente pacato, a grande cidade é algo completamente novo para ele e são muitas as dificuldades com que se depara enquanto tenta a adaptação a este novo estilo de vida. Dificuldades essas que vão condicionar e muito o seu amor por Ilda e a amizade com o seu tio.

Recordem este clássico do cinema português em mais uma edição da rubrica Hollywood, tens cá disto? no Espalha-Factos

2 comentários: