quarta-feira, 1 de janeiro de 2014

A Vida Secreta de Walter Mitty

THE SECRET LIFE
OF WALTER MITTY

de Ben Stiller
com: Ben Stiller, Kristen Wiig, Adam Scott e
Sean Penn
A Vida Secreta Walter Mitty era um dos filmes que mais expectativas tinha criado com o seu excelente trailer. Por isso as minhas expectativas estavam altas para este filme. Talvez por isso (mas também por culpa do filme) A Vida Secreta de Walter Mitty me tenha desiludido um pouco.

Este novo projecto de Ben Stiller com realizador teve como base o conto de James Thurber e o filme de 1947 com o mesmo título e, como seria de esperar numa adaptação/remake, a história adaptou-se aos dias de hoje. Depois de Walter Mitty (Ben Stiller) ter perdido a foto que serviria de última capa da revista Life, este embarca numa enorme aventura por Islândia, Gronelândia e Afeganistão à procura de Sean O'Connell (Sean Penn), o fotógrafo.

Após ter realizado algumas comédias, Ben Stiller aventurou-se num projecto diferente. E, tirando alguns momentos, Stiller mostrou uma maturidade que não se estaria à espera por parte dele. Filmando por vezes à la Wes Anderson, houve muita sensibilidade com a cinematografia e os planos utilizados para filmar, fazendo de A Vida Secreta de Walter Mitty um bonito postal com uma excelente banda-sonora de fundo, diga-se. Mas a preocupação que Stiller teve com esta beleza audiovisual acabou por lhe tirar tempo para se concentrar na história, que ficou muito aquém daquilo que poderia ter sido (culpa do argumento). Para além disso, a parte cómica do filme (Ben Stiller não poderia passar sem ela) foi muito má, e a paródia que se fez a'O Estranho Caso de Benjamin Button foi excessiva.

Embora conte com algumas surpresas, o filme acaba por ser por vezes algo previsível. A personagem Walter Mitty sonha acordado e isso é utilizado por vezes num sentido cómico, mostrando aquilo que Mitty quer fazer e aquilo que realmente acontece. Porém, o espectador rapidamente se apercebe quando o Mitty está a sonhar e quando não está, tirando qualquer efeito cómico-surpreendente a algumas cenas do filme. E depois, está claro, todos nós sabemos que a personagem de Ben Stiller acabará por encontrar Sean O'Connell, ou não fosse ele interpretado pela estrela Sean Penn.

Houve também um bom trabalho de casting. Não consigo imaginar nenhum outro actor que pudesse interpretar Walter Mitty para além de Ben Stiller (por vezes basta a sua cara de parvo para me fazer gostar da personagem). Kristen Wiig, interpretando Cheryl Melhoff, a namoradinha de Mitty, acabou por ser também uma agradável surpresa e os veteranos Shirley MacLaine e Sean Penn estiveram como seriam de esperar. A única "mancha" no elenco foi Adam Scott, que fez o estereotipado patrão convencido Ted Hendricks.

Uma das partes mais fracas d'A Vida de Walter Mitty acabou por ser o argumento. Nunca houve uma grande consistência pelo argumentista Steve Conrad, tentando por vezes ser profundo e drámatico e depois passar a um tom cómico. O resultado foram diálogos sem grande emoção e piadas que passaram quase sempre ao lado. No entanto é importante salientar o facto de nunca se ter entrado em lamechices nicholas-sparkianas na parte do romance entre Walter Mitty e Cheryl Melhoff. Ao menos isso...

Como já disse, tinha grandes expectativas para este filme. Mas mesmo que não as tivesse acho que não iria morrer de amores pel'A Vida Secreta de Walter Mitty. A sua história fraca acaba por não aproveitar a grande paisagem de fundo e faltaram uns risos aqui e acolá. Mas a maturidade demonstrada por Ben Stiller na realização fez-me ficar com água na boca para um seu próximo projecto.

6/10

Sem comentários:

Enviar um comentário