sábado, 21 de dezembro de 2013

A Evocação

THE CONJURING
de: James Wan
com: Vera Farmiga, Patrick Wilson, Lili Taylor e
Ron Livingston
O que é mais assustador num filme de terror? Serão os litros de sangue frequentemente usados nos remakes dos clássicos deste género? O horrendo gore de Centopeia Humana? Nada disso. O que é mais assustador num filme de terror é aquilo que não vemos e aquilo que nos é dado em pequenas amostras, como Michael Myers em O Regresso do Mal ou o diabo em A Evocação, o melhor filme de terror das últimas décadas.

Baseado numa história verídica, A Evocação narra a história de Ed e Lorraine Warren (Patrick Wilson e Vera Farmiga), um casal de investigadores paranormais, e da família Perron, que comprou uma casa aparentemente possuída pelos fantasmas dos antigos moradores. Os Warren são então chamados pelos Perron para dar início a uma caça a fantasmas na sombria mansão.

James Wan, o realizador de Insidious e Saw, é o homem que assina A Evocação. À semelhança dos seus anteriores filmes, Wan conseguiu novamente construir um bom filme de terror e trazer um novo fôlego a um género em decadência. Com inúmeras referências a filmes como O Exorcista, Ringu ou A Noite dos Mortos-Vivos, e sempre com uma câmara tremida e planos escuros que pouco ou nada deixam ver, o filme constrói bastante suspense à volta da sua narrativa que culmina muitas vezes em valentes sustos. Já não me "cagava" (o filme merece esta expressão) tanto a ver um filme de terror desd'A Descida, de 2005.  

Ao contrário do que fez em Saw, Wan concentra-se mais no "como assustar" do que na história em si. Enquanto que no seu primeiro filme o realizador elaborou muito mais o seu enredo e fez um enormíssimo plot twist, em A Evocação Wan superou-se na matéria dos sustos embora a história não fosse totalmente original ou mesmo interessante (e o final é fraquinho). Em certas partes o argumento foi muito cliché e teve algumas falhas pelo meio. Mas nos filmes de terror o que conta mesmo são os sustos, e este filme tem-nos.

Para além do elenco principal, onde se salienta Vera Farmiga com uma actuação ligeiramente acima da média, é importante dar mérito às jovens actrizes que deram vida às filhas dos Perron. As personagens eram fáceis de interpretar: basicamente eram raparigas a gritar e a chorar, mas todas as raparigas conseguiram fazê-lo com naturalidade.

A Evocação é, sem margem para dúvidas, o melhor filme de terror da última década, a par d'A Descida, e promete matar a sede aos fãs deste género, que, como eu, já esperavam há uns tempos para voltarem a assustar-se assim.

8/10

Sem comentários:

Enviar um comentário